RADAR INFOMONEY LAME3 dispara mais de 20% com reestruturação; e mais: PIB fraco da China e ameaça de greve dos caminhoneiros; assista

LAME3 dispara mais de 20% com reestruturação; e mais: PIB fraco da China e ameaça de greve dos caminhoneiros; assista

Estreia na B3

Ação da Vittia (VITT3) fecha com disparada de 16,86% em estreia na Bolsa

O preço por ativo fixado foi de R$ 8,60 em oferta restrita. A companhia atua na área de defensivos biológicos e fertilizantes especiais.

arrow_forwardMais sobre
Pulverizador de fertilizantes (Foto: Divulgação/Vittia)

SÃO PAULO – A ação da Vittia (VITT3), que atua na área de defensivos biológicos e fertilizantes especiais, estreou na B3 nesta quinta-feira (2) com uma disparada, em um dia bastante negativo para o Ibovespa. Os ativos VITT3 fecharam com salto de 16,86%, a R$ 10,05, após chegarem a subir 29,07% na máxima do dia.

O preço por ativo fixado foi de R$ 8,60 em oferta restrita nesta semana. O IPO movimentou R$ 359 milhões, com cerca de 15% desse valor sendo destinado ao caixa, com o objetivo de realizar aquisições estratégicas.

A Vittia é uma plataforma de biotecnologia que foi fundada em 1971, no interior de São Paulo. O Grupo é formado pelas empresas Biosoja, Samaritá, Granorte, Biovalens, Vitória Fertilizante e JB Biotecnologia.

A empresa aponta que seu objetivo é elevar a produtividade e sustentabilidade para culturas de agronegócio. Ela destaca que está presente em todas as regiões agrícolas do País, tendo acesso a 1.255 produtores de diferentes tamanhos, perfis e localidades.

A receita líquida do grupo foi de R$ 530,6 milhões em 2020, enquanto o lucro líquido totalizou R$ 85,9 milhões no ano passado.

Para entender como operar na bolsa através da análise técnica, inscreva-se no curso gratuito A Hora da Ação, com André Moraes.