Forte alta

Ação da brasileira Afya dispara cerca de 10% na Nasdaq após resultado do 3º trimestre

Empresa de educação divulgou números que agradaram o mercado, além de reafirmar guidance para o ano

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A Afya – maior grupo de educação médica do Brasil – vê suas ações dispararem na Nasdaq, chegando a ter alta de até 18%, após a divulgação dos números do terceiro trimestre de 2019. Às 12h13 (horário de Brasília), os ativos subiam 10,13%, a US$ 30,33.

A companhia divulgou ganhos de R$ 72 milhões no período, alta de 155% na base de comparação anual. Já o lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda) foi de R$ 80,93 milhões, enquanto a receita totalizou R$ 206,71 milhões, 123,7% acima do mesmo período de 2018.

De acordo com o Morgan Stanley, a Afya apresentou fortes resultados neste trimestre e o guidance reafirmado para as receitas e Ebitda parece factível, considerando que o quarto trimestre é sazonalmente mais forte que o terceiro trimestre.

PUBLICIDADE

“A história se desenrola como esperado com: (i) forte crescimento e visibilidade, (ii) expansão da margem Ebitda e (iii) geração de caixa”, afirmam os analistas do Morgan.

Já para o Itaú BBA, a receita foi em linha com as estimativas e do consenso. Já o valor do Ebitda não apresentou desvio significativo do consenso, mas ficou um pouco abaixo das estimativas dos analistas do banco uma vez que, segundo eles, foi subestimada a fraca sazonalidade do período.

Segundo os analistas do Itaú BBA, as comparações anuais não são aplicáveis, pois a empresa realizou várias aquisições no período.

“Observamos que o terceiro trimestre é fraco sazonalmente, uma vez que o reconhecimento de receita dos cursos preparatórios está concentrado no primeiro e quarto trimestres”, afirma a equipe de análise.

A Afya ainda reafirmou o seu guidance para o segundo semestre de 2019 e para o ano. A empresa espera que a receita líquida da segunda metade do ano alcance entre R$ 415 e 430 milhões, enquanto o Ebitda/receita líquida é estimado entre 38% e 40%.

Para o ano como um todo, a receita líquida pró-forma deverá ficar entre R$ 817 e R$ 832 milhões e o Ebitda ajustado pró-Forma e R$ 308 e R$ 322 milhões.

PUBLICIDADE

A ação da Afya estreou na Nasdaq em julho de 2019 e, desde então, já disparou cerca de 60%. A companhia fez o IPO em busca de recursos para comprar escolas, entrar em novos mercados e desenvolver produtos, segundo o prospecto da oferta. Além de programas tradicionais de graduação, a Afya oferece educação médica continuada por meio de canais digitais e físicos.

O grupo conta com 25 mil alunos, sendo 5,7 mil deles matriculados em cursos de medicina. O projeto foi idealizado por Paulo Guedes, atualmente ministro da Economia, na época em que era do Bozano.

Quer investir com corretagem ZERO na Bolsa? Clique aqui e abra agora sua conta na Clear!