Comprar ou Vender

4 ações que de tanto caírem em 2016 tornaram-se uma ótima oportunidade de compra

Comprar ou Vender desta semana analisou as 9 piores ações do Ibovespa no 1º semestre; 4 delas podem se tornar uma ótima recomendação de longo prazo

SÃO PAULO – O analista Marco Saravalle, da Upside Investor, comentou durante o “Comprar ou Vender” desta segunda-feira (27) as oportunidades na Bolsa com as ações “perdedoras” do 1° semestre.

No primeiro bloco, ele escolheu como preferida das 4 ações com exposição em dólar a Suzano (SUZB5). No segundo bloco, ele deu compra em Cesp (CESP6) e em Rumo (RUMO3), ponderando que a segunda ação é para um horizonte bem mais longo. No último bloco, ele indicou a BRF (BRFS3).

BLOCO 1 – Fibria, Suzano, Klabin e Embraer
Dentre as três ações de papel e celulose e da fabricante de aeronaves, Saravalle prefere a exposição em Suzano. Confira abaixo a justificativa da sua preferência – e por que ele não prefere as outras três opções.

BLOCO 2 – Braskem, Rumo e Cesp
A Braskem é uma boa geradora de caixa, mas há algumas ressalvas que inibem uma compra. A Rumo possui um potencial de duplicar ou triplicar de valor nos próximos anos, mas é preciso ter um “gatilho” para a ação. Já a Cesp tornou-se a primeira recomendação de compra do setor elétrico na visão do analista.

BLOCO 3 – JBS e BRF
A JBS é uma boa empresa, mas falta momento para comprar a ação. Já a BRF está cada vez mais próxima de R$ 40, o que a deixa num patamar muito convidativo para compras. 

O programa Comprar ou Vender é transmitido ao vivo todas as segundas-feiras das 14h40 às 15h30 na InfoMoneyTV. Para conferir a grade completa com as gravações anteriores, clique aqui.