Em laep

Com bens bloqueados pela justiça, Laep desiste de deixar Bovespa de vez

Empresa acusa CVM de demorar a analisar sobre proposta e destaca situação financeira

caixas de leite Parmalat - Laep
(Wikimedia)

SÃO PAULO - A Laep (MILK33) protocolou o pedido de desistência da proposta de cancelamento do programa de BDRs (Brazilian Depositary Receipts), comunicou a empresa nesta quinta-feira (19).

A empresa cita a demora da CVM (Comissão de Valores) em analisar e se manifestar sobre a proposta que havia sido feita há mais de um ano, em agosto de 2012. Além disso, a empresa também afirma que o quadro financeiro da Laep piorou drasticamente, por conta da recuperação judicial da Lácteos Brasil.

A empresa teve os bens bloqueados pela justiça, após ação cautelar da CVM e do MPF (Ministério Público Federal). O controlador da empresa, sediada em Bermudas, Marcus Elias, também teve seus bens bloqueados pela justiça. 

 

Contato