Em laep

Laep afirma que cumpre regulamentação dos países e se defende de acusações

,

SÃO PAULO - A Laep enviou o seguinte comunicado ao mercado:

Em face da noticia de manifestacoes "contra a desvalorizacao do preco" de seus
BDRs a Laep esclarece:

A Companhia cumpre rigorosamente com toda a regulamentacao dos paises a que se
sujeita, nomeadamente o Brasil, Luxemburgo e Bermudas.

Como se sabe, a Companhia se dedica a investir em empresas, inclusive aquelas em
dificuldades, e esta sujeita a adversidades e imprevistos adicionais em seus
negocios, como detalhado em seu Prospecto, Formulario de Referencia, estatuto
social e demais documentos oficiais.

A Companhia e seus administradores vem sofrendo ataques e difamacoes por parte
de um diminuto, mas organizado, grupo de pessoas, que vem sistematicamente
entupindo diversas agencias e orgaos do Governo com reclamacoes e denuncias
falsas, pedidos desqualificados de investigacao e distorcoes diversas assacadas
contra a imagem e percepcao de mercado da Companhia e seus negocios. Inclusive,
espalhando via internet e midia em geral, criando factoides e arando terreno
para divulgacao de noticias falsas e que alimentam importante disputa judicial
que a Companhia trava contra conhecido vulture fund.

Apesar de a Companhia e seus administradores terem tomado as medidas legais
cabiveis contra tais fatos e pessoas, continuam sendo vitima dessas difamacoes.

Embora difusa, aparentemente a justificativa que oferecem seria "para forcar a
empresa e orgaos governamentais a influenciar o preco dos BDRs".

A Companhia alerta para a evidente relacao entre essas arruacas e a
desvalorizacao do preco de seus recibos (BDRs) negociados no Brasil.


Sao Paulo, 13 de junho de 2012.


 

Contato