Em jbsfriboi

JBS suspende produção de carne em 33 das 36 unidades do País e ação cai; Marfrig e Minerva sobem até 5%

Ao G1, a JBS disse que, para a próxima semana, vai operar em todas suas unidades com uma redução de 35% da sua capacidade produtiva

JBS_Bloomberg

SÃO PAULO - As ações da JBS (JBSS3) foram penalizadas na tarde desta quinta-feira (23) com a notícia de o frigorífico suspendeu a produção de carne bovina em 33 das 36 unidades do País. Com a informação, os papéis caíram 3% das 16h20 às 16h31 (horário de Brasília), indo a R$ 3,70. O movimento, no entanto, foi levemente amenizado nos minutos restantes de pregão e a ação fechou em queda de 1,10%, a R$ 10,83.

Na contramão, as ações de suas concorrentes na Bovespa Marfrig (MRFG3, R$ 5,84, +5,23%) e Minerva (BEEF3, R$ 9,70, +3,74%) subiram forte nesta sessão, enquanto BRF (BRFS3, R$ 35,88, +0,84%) registrou leves ganhos. 

Ao G1, a companhia confirmou nesta tarde que suspendeu, por três dias, a produção de carne bovina em 33 das 36 unidades do País por três dias. Para a próxima semana, a JBS disse que vai operar em todas suas unidades com uma redução de 35% da sua capacidade produtiva. 

Segundo a empresa, essas medidas visam ajustar a produção até que se tenha uma definição referente aos embargos impostos pelos países importadores da carne brasileira. No comunicado enviado ao site, a JBS ressaltou que está empenhada na manutenção do emprego dos seus 125 mil colaboradores em todo o Brasil. 

Confira em imagem a reação da ação da JBS à notícia:

 

Contato