Em imoveis

Tinder do imóveis: app conecta corretores e oferece comissão garantida

O Homer é um marketplace feito exclusivamente para corretores com Creci para facilitar a compra e venda de imóveis 

Imóveis

SÃO PAULO – Aos 28 anos, Livia Rigueiral apostou em um nicho bem específico no Brasil para abrir seu negócio: um aplicativo exclusivo para corretores de imóveis. Ela trabalhou muitos anos no mercado imobiliário e com a experiência na área percebeu que muitos negócios não eram fechados porque os corretores não conseguiam encontrar o imóvel adequado para o cliente ou vice-versa. 

"Eu poderia ajudar os corretores a movimentar o setor encontrando quem comprasse ou quem vendesse. Foi a partir daí que surgiu o Homer”, explica.  

Na prática, o app é um marketplace feito exclusivamente para corretores. Para se inscrever, o profissional precisa ter o Creci, que é o registro de corretores do Brasil. Tudo é gratuito.  

Ao preencher dados pessoais, como nome, telefone e CPF, e colocar o número do registro, o corretor deve informar se tem um imóvel para vender ou locar ou se procura um imóvel para um cliente. Depois, deve colocar o preço, tamanho e tipo de imóvel.

A partir disso, a inteligência artificial mostra todos os outros corretores cadastrados que se enquadram nas características buscadas e sugere essa parceria.  

Ou seja, um corretor tem o imóvel e o outro tem o potencial morador, eles se unem e fecham o negócio. A comissão é dividida entre os dois. E o aplicativo trabalha com comissão garantida caso um dos dois não cumpra o acordo de parceria. 

“O objetivo é não deixar o profissional no prejuízo e incentivá-lo a usar cada vez mais a plataforma”, explica Livia, que também é CEO.   

Por exemplo, um corretor tem um cliente que busca um imóvel de dois quartos em uma determinada faixa de preço. Ao colocar as informações na plataforma, o app oferece automaticamente alguns corretores que têm imóveis que se encaixam nesse pedido.

A inteligência artificial faz um “match” entre os corretores que entram em contato entre si e ajustam os detalhes da negociação. É como um “Tinder dos imóveis”. 

O aplicativo, disponível para iOS e Android, permite que os corretores acertem compra, venda e aluguel de imóveis. “A ideia é que o corretor possa negociar um imóvel com velocidade, tranquilidade e segurança”, afirma a empreendedora.    

Hoje, o app conta com 26 mil corretores cadastrados ao redor do Brasil e é possível cadastrar qualquer tipo de imóvel.   

A empresa funciona exclusivamente com dinheiro de investidores. Não tem lucro, e por enquanto, tudo é gratuito. Rigueiral não revelou como pretende monetizar o negócio. Hoje a empresa tem sede no Rio de Janeiro e conta com 20 funcionários. 

homer@2x perfil_do_parceiro@2x meu_post_tenho@2x

Modelo mais comum nos EUA 

No Brasil, fazer uma compra de imóvel envolvendo os dois corretores não é tão comum. Geralmente, um único profissional atua dos dois lados: tem o cliente e oferece o imóvel do seu portfólio. 

Mas no mercado americano, esse formato envolvendo os corretores dos dois lados é normal. Um tem o imóvel e o outro o cliente e fecham o negócio. Eles dividem a comissão ao meio: 50% para cada. 

“É como os advogados. Ambas as partes do processo têm um advogado defendendo seus próprios interesses. O que acontece nos EUA e que promovemos pelo Homer é exatamente isso. Cada parte do negócio conta com um corretor para auxiliá-la: o cliente que quer comprar e o que quer vender”, exemplifica Rigueiral.  

A empresa funciona nesses moldes. “É pré-estabelecido que a comissão ao corretor seja entre 5% e 6%, e geralmente é dividido ao meio entre os dois corretores, 2,5% para cada um”, explica a CEO.   

Livia defende que o usuário final não se prejudicará devido a um aumento de preço advindo de uma comissão mais alta por parte dos corretores.

“Muitos deles já entendem que não é viável sair deste esquema de valor porque isso pode significar a diminuição do volume de negócios fechados. Isso porque, fazendo este tipo de parceria pelo Homer, o fluxo de negócios vai naturalmente crescer, tendo em vista o portfólio muito maior de clientes e imóveis disponíveis na plataforma”, afirma.   

Tecnologia e a carreira de corretor  

De acordo com um estudo da Kuser S/A, consultoria de dados focada em desenvolvimento de negócios, de agosto de 2018, mais de 500 mil corretores de imóveis são regularizados e inúmeros outros estavam em processo de registro profissional no Brasil.

Com o avanço da tecnologia no setor imobiliário, umas das preocupações é que a profissão perca muito espaço com o tempo – o que impactaria diretamente o negócio da CEO.   

Mas Rigueiral entende que a presença do corretor na hora de comprar, vender ou alugar um imóvel é crucial.

“O corretor facilita a vida do cliente. Com a ajuda do profissional, a pessoa não precisa se preocupar com o andamento do negócio. É praticidade em uma fase que cada vez mais as pessoas têm menos tempo. A tecnologia não pode suprir um atendimento humanizado no nível que o profissional pode”, diz.  

A pesquisa da Kuser mostra que a nova geração de corretores apresenta uma postura inovadora e mostra preocupação com o atendimento personalizado e humanizado, a utilização de recursos tecnológicos e o constante estudo sobre a profissão. 

Entre as vantagens do Homer para o usuário final, Rigueiral destaca a facilidade de ter um único corretor com acesso a milhares de produtos e muito provavelmente vai encontrar o que o cliente precisa.  

Do ponto de vista do corretor, “a questão da exclusividade é uma vantagem: ele consegue fidelizar o cliente porque tem uma série de produtos para oferecer”, diz.  

Ainda, o Homer traz mais liquidez para o mercado imobiliário, segundo Rigueiral. “Considerando que imóvel está com o corretor e outro imóvel com o usuário, aumentamos a oferta de produtos porque conectamos os dois lados. O app agiliza o processo e compra e venda. Muitas negociações não vão para frente porque as pessoas não se encontram, não se conectam. Muitos corretores têm grupos no WhatsApp, por exemplo. Colocam todo dia tudo o que têm e tudo o que procuram, mas é uma bagunça. Via Homer é muito mais organizado e simples”, afirma.   

Invista seu dinheiro para comprar seu imóvel dos sonhos. Abra uma conta na XP - é de graça. 

 

Contato