Em imoveis

Dono da Zara aposta em mercado imobiliário prime dos EUA

Os investimentos de Ortega nos EUA aumentam o valor de seu império global de imóveis para mais de US$ 13 bilhões

Amancio Ortega
(Facebook)

(Bloomberg) -- O espanhol Amâncio Ortega está "reconquistando" os Estados Unidos no século 21.

Este mês, o veículo de investimento do multibilionário dono da Inditex, que fabrica a marca Zara, fechou um contrato de US$ 72,5 milhões para a compra de um hotel no centro de Chicago. A aquisição segue uma série de compras nos últimos seis meses, como um edifício em um distrito comercial central de Washington e dois escritórios em Seattle alugados pela Amazon.com por um valor total de US$ 1,1 bilhão.

Os investimentos de Ortega nos EUA aumentam o valor de seu império global de imóveis para mais de US$ 13 bilhões, segundo o Índice de Bilionários Bloomberg. Agora, o portfólio imobiliário de Ortega é o maior entre os super-ricos da Europa.

Para diversificar sua fortuna no setor de moda e preservar seu considerável patrimônio, Ortega investiu mais de US$ 3 bilhões em imóveis nos EUA nos últimos seis anos, adquirindo propriedades importantes como o histórico Haughwout Building, em Manhattan, e a torre de escritórios mais alta de Miami.

"Se eu fosse um investidor bilionário tentando preservar minha fortuna a longo prazo, buscaria edifícios importantes nas principais cidades", disse Alex James, sócio da corretora imobiliária Knight Frank, de Londres.

“A maioria dos clientes bilionários com os quais trabalhamos quer comprar em dinheiro. Eles competem com grandes instituições - que tipicamente também compram em dinheiro -, então tudo é questão de preço.”

A estabilidade econômica dos EUA tornou o país um dos principais destinos para investidores imobiliários estrangeiros. As aquisições transfronteiriças de propriedades comerciais dos EUA totalizaram US$ 94,9 bilhões no ano passado, quase um recorde, lideradas por investidores canadenses, franceses e de Cingapura, de acordo com a Real Capital Analytics.

Imóveis nos EUA respondem pela maior parte das propriedades fora da Espanha controladas pelo principal veículo de investimento de Ortega, a Pontegadea Inversiones, segundo documentos enviados à comissão de valores mobiliários.

Em março, a empresa pagou US$ 740 milhões pelos imóveis alugados pela Amazon, avaliados em US$ 550 milhões pelo condado local, segundo o Seattle Times. O acordo está entre os maiores já fechados pela Pontegadea e o valor fica próximo do montante pago por um edifício de escritórios de Londres comprado da Blackstone.

Um porta-voz da Pontegadea e Ortega não quiseram comentar.

Invista bem como os bilionários. Abra uma conta gratuita na XP. 

 

Contato