Em imoveis

Venda de imóveis usados cai 26,72% em setembro, diz Creci-SP

De janeiro a setembro, contudo, as vendas de casas e apartamentos acumularam alta de 1,74%

prédios de apartamentos - aluguel - São Paulo
(Thinkstock)

SÃO PAULO - Em setembro deste ano, as vendas de imóveis usados registraram queda de 26,72% no estado de São Paulo, na comparação com agosto. As informações são da pesquisa feita pelo Creci-SP (Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo) com 1.339 imobiliárias de 37 cidades.

De janeiro a setembro, contudo, as vendas de casas e apartamentos acumularam alta de 1,74%. Já o índice Crecisp, que levantou os preços efetivos de vendas, teve queda de 0,71% no acumulado do ano e registrou -5,69% nos últimos 12 meses. Em setembro, a maioria dos imóveis vendidos, ou 57,91%, tinha valor superior a R$ 200 mil.

“Esse comportamento dos preços faz dos imóveis usados uma opção interessante neste momento”, disse o presidente do Conselho, José Augusto Viana Neto.

Formas de pagamento
Segundo estudo do Creci-SP, no nono mês de 2013, 50,63% dos imóveis vendidos foram apartamentos e 49,32% foram casas. Do total, 57,28% dos imóveis foram comprados com financiamento bancário. Já as transações à vista somam 35,76% e, as financiadas diretamente pelos proprietários, 6,01%. A participação dos consórcios foi de apenas 0,95%.

 

Contato