Em imoveis

Imóvel em São Paulo está R$ 4,5 milhões mais caro que o mesmo em Miami

Enquanto na Vila Nova Conceição um imóvel sai por R$ 7,5 milhões, o mesmo pode ser encontrado por cerca de R$ 3 milhões em Aventure, Miami Beach

Ibirapuera - Vila Nova Conceição_São Paulo
(Wikimedia Commons)

SÃO PAULO - Um imóvel em de 500 metros quadrados na Vila Nova Conceição, bairro nobre de São Paulo, pode sair mais que o dobro do preço de um imóvel com a mesma metragem comercializado em Aventure, Miami Beach, na Flórida.

Enquanto no primeiro bairro um imóvel não sai por menos de R$ 7,5 milhões, ou aproximadamente US$ 3 milhões, o mesmo pode ser encontrado por cerca de US$ 1,3 milhão, ou cerca de R$ 3 milhões, informou um estudo da imobiliária Elite International Realty.

Segundo a imobiliária, até mesmo imóveis com metragem menor, em bairros menos privilegiados da capital paulista, têm preços inflacionados. Um imóvel de 320 metros quadrados na Aclimação, zona Sul, pode chegar a custar R$ 3,5 milhões.

De acordo com o sócio proprietário da imobiliária Elite International Realty, Leo Ickowicz, tal diferença de preço ficou nítida após os efeitos da crise econômica de 2008 que atacou os Estados Unidos. “Como o norte-americano não está procurando imóvel para comprar desde a crise, a busca por imóveis para alugar aumentou, principalmente em Miami e Orlando, Flórida”.

Além do aumento dos aluguéis nas regiões, o consumidor norte-americano ainda não voltou a comprar imóveis, devido à rigidez dos bancos, que exigem uma entrada maior e um compromisso também, acrescentou Ickowicz.

Já no Brasil, os preços dos imóveis tomaram rumo inverso, sobretudo pela boa fase econômica desde 2008. "Com a economia ascendente, um mercado de consumo interno aquecido e a facilidade de financiamentos, os preços do mercado imobiliário brasileiro dispararam", analisa Ickowicz.

 


 

 

Contato