Em imoveis

Vai comprar material de construção? Procon dá dicas para evitar problemas

Ao contratar um profissional é fundamental buscar referências de pessoas conhecidas que já utilizaram o serviço

Material de contrução
(Getty Images)

SÃO PAULO - Construção ou reforma em casa pode trazer alguns aborrecimentos, além da sujeira, a pessoa tem de lidar com a compra de material, combinar o serviço com o pedreiro, e ficar de olho para que o orçamento não fuja do previsto. Para quem está nessa situação, o Procon-SP elaborou algumas dicas.

Na hora de buscar um financiamento bancário, o consumidor deve pesquisar. Alguns bancos têm linhas de crédito específicas para material de construção, além disso, existe a opção dos microcréditos oferecidos nas lojas. “Estude bem alternativas antes de assinar um contrato.

Segundo o órgão, independentemente da escolha, a oferta de crédito deve assegurar informações claras sobre o valor à vista, total a prazo, número de parcelas, taxa de juros aplicada, encargos e o Custo Efetivo Total (CET) da operação. O consumidor também deve ter em mente que a concessão do crédito não pode estar atrelada a contratação de qualquer outro produto e/ou serviço. Tal condicionamento é considerado prática abusiva.

Ao contratar um profissional ou uma empresa para realizar a obra em sua casa, é fundamental buscar referências de pessoas conhecidas que já utilizaram o serviço. Também é necessário solicitar um orçamento prévio, em que de deve constar o custo do serviço, a quantidade e quais materiais serão utilizados, além do prazo para início e término da obra. Qualquer alteração deve ser previamente acertado e negociado entre as partes.

Compra de material
Em relação a compra de material, o Procon-SP indica que o consumidor peça orientação para um profissional, faça uma pesquisa de preços junto às lojas, além de sites na internet.

Na hora da entrega, o consumidor deve confirmar todo o material, inclusive quantidade e valores. Caso haja irregularidades, não aceite o produto nem assine o recibo. Faça uma observação no verso da nota fiscal e entre em contato com a loja para resolver a questão. Não solucionando o problema, recorra ao órgão de defesa do consumidor de sua cidade;

Caso resida em condomínio, verifique as regras para o recebimento de material e oriente o fornecedor. Informe-se se a entrega de material é feita até a unidade (apartamento/casa) ou apenas até a portaria, isso pode evitar transtornos.

 

Contato