Em imoveis

Chinês que recusou vender casa para condomínio de luxo é isolado por fosso

Zhuang Longdi, de 75 anos, travou uma batalha judicial de 10 anos com a empresa responsável pelo projeto

Casa ilhada
(Reprodução/Daily Mail)

SÃO PAULO - Um chinês que se recusou a vender sua cara para um projeto de condomínio de luxo foi isolado pela vizinhança por um fosso de água. Zhuang Longdi, de 75 anos, travou uma batalha judicial de 10 anos com a empresa responsável pelo projeto, informou o Daily Mail.

Os empresários negam ter tentado forçar o chinês e sua família a venderem de casa na província de Jiangsu, leste da China. “Sua casa estava uma bagunça, então fizemos uma ilha para deixá-la mais charmosa”, afirmou o porta-voz da empresa ao site. “Todos os demais moradores venderam suas propriedade e saíram de lá, mas ele decidiu ficar e nós tivemos de fazer algo.”

Para entrar e sair de sua propriedade, Zhuang precisa passar pelo fosso com água até a cintura. Apesar de resistir à pressão, o chinês agora pensa em se mudar. Segundo ele, “o pior é estar cercado por todas as moradias luxuosas e continuar vivendo na casa pobre. Agora penso em me mudar.”

 

Contato