Em imoveis / fundos-imobiliarios

Compra de imóveis ainda tem muita burocracia no Brasil, diz gestor de fundo imobiliário 

O programa Fundos Imobiliários contou com a participação de  Fabio Carvalho, gestor do Alianza Trust Renda Imobiliária (ALZR11)

SÃO PAULO – O processo de aquisição de imóveis pelos fundos imobiliários não é simples e envolve uma série de processos burocráticos. Por isso, muitas vezes um gestor leva um pouco mais de tempo do que os cotistas gostariam para concluir uma aquisição para o fundo. 

“Uma aquisição nossa demanda 196 certidões diferentes. Preciso de certidões dos cartórios da cidade onde está localizado o imóvel e da cidade do vendedor. E elas só têm validade de 30 dias, então geralmente precisamos tirar novamente”, disse Fabio Carvalho, gestor do Alianza Trust Renda Imobiliária (ALZR11)durante o programa Fundos Imobiliários apresentado por Arthur Vieira de Moraes, professor do InfoMoney e especialista em fundos imobiliários. 

“É mais importante para mim ‘amarrar’ direito um contrato de 10 anos, do que fazer uma aquisição com pressa e terminar uma semana antes”, continuou Carvalho. 

O fundo tem atualmente dois imóveis - um edifício comercial monousuário no Rio de Janeiro, locado pela empresa Atento, e um galpão industrial em São Paulo - locado para a Air Liquide.  

Em junho foi feita uma nova emissão de cotas para captar recursos e adquirir novos empreendimentos. “A nova emissão já era planejada há um bom tempo. A ideia é ter um portfólio diversificado e amplo”, afirmou Carvalho. 

 

Contato