Em imoveis / fundos-imobiliarios

Como declarar fundos imobiliários no Imposto de Renda 2019?

O professor do InfoMoney Arthur Vieira de Moraes organizou um passo a passo para auxiliar o investidor de FFIs

SÃO PAULO - A temporada de declaração do Imposto de Renda 2019 começou e contribuintes têm até 30 de abril para acertarem suas contas com o leão. Entre bens, renda e demais investimentos, também é preciso declarar as aplicações em fundos imobiliários (FIIs).

Para ajudar o investidor, o especialista em FIIs e professor do InfoMoney, Arthur Vieira de Moraes, organizou durante o programa “Fundos Imobiliários” um passo a passo de como fazer a declaração corretamente.

Segundo ele, a pessoa física deve declarar a aplicação na aba “Bens e Direitos” do programa, selecionando a linha “73 - Fundo de Investimento Imobiliário” e indicando no campo “Discriminação” o nome do fundo, a administradora e o número de cotas.

Além disso, no campo “Situação em 31/12/2018 (R$)”, o investidor precisa informar o valor existente até essa data. Vale lembrar que o investidor precisa declarar desde que seu saldo em 31 de dezembro de 2018 seja superior a R$ 140. 

Quer economizar no IR? Receba o Guia do InfoMoney para pagar menos Imposto de Renda - é de graça!

 

Contato