Em imoveis / fundos-imobiliarios

Fundo The One anuncia saída de inquilinos e novo contrato de locação

As desocupações no edifício não foram vistas com preocupação pela XP. "[O fundo] seguirá com uma vacância ainda baixa (aproximadamente 10,3%) e podendo trazer novos inquilinos com contratos mais favoráveis"

The One
(Rodrigo Paiva)

SÃO PAULO – O fundo imobiliário The One (ONEF11) anunciou no último dia 11 a saída de dois inquilinos. O primeiro é a Aditus Consultoria Financeira, que assinou a rescisão do contrato de locação dos conjuntos 73 e 74.

O segundo foi a Inovalli Real Estate, ocupante dos conjuntos 71 e 72, que decidiu  rescindir o contrato antecipadamente.

A Rio Bravo, gestora do fundo, também informou que firmou contrato de locação com a Goiasminas Industria de Lacticínios pelo prazo de 5 anos e sem carência. A locatária irá ocupar os conjuntos 73 e 74, desocupados pela Aditus.

Para e equipe de análise da XP Investimentos, o The One tem um potencial interessante. “O mercado em que se situa já não possui grandes projetos a serem entregues e a vacância já está atingindo patamares pró-proprietário, o que acarretará no aumento sistemático dos preços de alugueis”, afirmam os analistas.

Portanto, as desocupações no edifício não foram vistas com preocupação pela XP. “[O fundo] seguirá com uma vacância ainda baixa (aproximadamente 10,3%) e podendo trazer novos inquilinos com contratos mais favoráveis”, destacaram.

A maior corretora do Brasil agora oferece taxa ZERO para investimento em fundos imobiliários. Abra sua conta gratuita na XP Investimentos! 

 

No entanto, os analistas afirmam que a alta precificação e baixa liquidez impedem de colocar o The One em sua carteira recomendada.

O mercado

O Edifício The One está localizado na região da Faria Lima, uma das mais nobres de São Paulo.

Segundo dados da consultoria Cushman & Wakefield, a vacância deste mercado atingiu 14,2% em novembro de 2018 - queda de de 5,2 pp em relação ao ano passado.

O preço pedido médio da região se estabilizou em R$ 135,86 por m² e o pipeline de entregas para os próximos 3 anos não deve ultrapassar 80 mil m², equivalente a 17% do que já foi entregue.

 

Contato