Em imoveis / fundos-imobiliarios

Os 20 Fundos Imobiliários mais lucrativos de janeiro; e em quais investir

Para especialista da XP Investimentos, apenas 4 destes 20 fundos oferecem segurança para o investidor  

Imóveis
(Reprodução)

SÃO PAULO – Dos 20 Fundos de Investimento Imobiliários (FIIs) mais rentáveis em janeiro, apenas 4 oferecem a segurança necessária para o investidor neste momento, de acordo com Giancarlo Gentiluomo, analista de Fundos Imobiliários na XP Investimentos.

“Vários desses fundos eu considero ruins”, disse Gentiluomo, acrescentando os únicos que teria conforto e segurança para investir neste momento. Confira a lista abaixo com destaque para as recomendações do especialista, com justificativa em seguida.

Seja sócio dos principais empreendimentos imobiliários do país: abra uma conta na XP com taxa ZERO para corretagem!

Código Variação (%)
FII V PARQUE FVPQ 21,86
FII GWI RI GWIR 14,47
FII SCP SCPF 12,69
FII DOMO DOMC 12,13
FII GGRCOVEP GGRC 11,47
FII DEA CARE CARE 10,00
FII KII REAL KNRE 9,47
FII RIOBCRI2 RBVO 8,32
FII ALMIRANT FAMB 7,83
FII POLO I PLRI 6,58
FII BC FUND BRCR 5,66
FII HIGIENOP SHPH 5,61
FII FATOR VE VRTA 5,52
FII RD ESCRI RDES 5,52
FII TORRE AL ALMI 5,52
FII FATORFIX FIXX 5,47
FII OURI JPP OUJP 5,46
FII TBOFFICE TBOF 5,40
FII CEO CCP CEOC 5,37
FII CX TRX CXTL 5,37


BRCR11: O fundo possui diversos imóveis de uso corporativo divididos nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo. Metade da receita de aluguel provém de ativos AAA enquanto a outra metade de ativos com menor qualidade que passam por uma conjuntura mais desafiadora.

Recomendamos o fundo como play de valor, pois os ativos estão sendo negociados a 85% do valor patrimonial e não vemos muitas formas da vacância piorar. Como todo play de valor a distribuição de rendimentos é baixa, o retorno com dividendos deve ficar na ordem de 5% para os próximos 12 meses.

Mas o ganho de capital pode superar 20% dependendo da evolução do mercado e da política comercial adotada pelos gestores. Houve, recentemente, uma proposta de compra dos ativos do fundo por parte do UBS em conjunto com duas gestoras brasileiras no qual foi ofertado o equivalente a R$ 114,62 por cota. Hoje o fundo negocia por R$ 105.

SHPH11: O Shopping Patio Higienópolis é um dos FIIs mais antigos listados e possui um histórico de valorização consistente ao longo dos últimos 10 anos. Contudo, encontra-se em um patamar de preço elevado. Considerando o valor da cota atual, o fundo distribui cerca 4,2% a.a em proventos.

O que torna o fundo atrativo é a especificidade e resiliência do shopping. Dito isso, tanto a receita quanto a distribuição de proventos tendem a ser crescentes e para o investidor que mira o longo prazo (mais de 5 anos), constitui-se um bom investimento.

VRTA11: Trata-se de um fundo de CRI gerido pelo Fator, voltado para aquisição de ativos indexados à inflação. O fundo possui um histórico de resultados consistente, mas como todo fundo indexado à inflação, registrou uma redução significativa na distribuição de proventos ao longo do ano de 2017.

Acreditamos que a possibilidade de compressão do juro real doméstico pode abrir espaço para melhora do dividend yield e, consequentemente, valorização da cota.

TBOF11: Estamos recomendando o TB Office pela possibilidade de ganho de capital no médio prazo. O fundo está negociando por cerca de R$ 13.700/m² sendo um prédio AAA e localizado em uma região muito demandada.

O custo de reposição de ativo é maior que o seu valor atual, e deverá ser um dos drivers de valorização no médio prazo. Hoje está com mais de 30% de vacância, mas pela qualidade do ativo, uma política comercial mais agressiva pode revertê-la com tempestividade.

Seja sócio dos principais empreendimentos imobiliários do país: abra uma conta na XP com taxa ZERO para corretagem!

 

Contato