Em imoveis / fundos-imobiliarios

Spinelli recomenda 5 fundos imobiliários

Entre eles estão BTG Pactual Fundo de Fundos, Floripa Shopping e Maxi Renda II

fundos imobiliários
(Getty Images)

SÃO PAULO – A corretora Spinelli recomendou para este mês 5 fundos imobiliários. São eles: BTG Pactual Fundo de Fundos (BCFF11B), BTG Pactual Corporate Office Fund (BRCR11), Floripa Shopping (FLRP11B), Maxi Renda II (MXRF11) e SP Downtown FII (SPTW11).

Acompanhe a cotação de todos os fundos imobiliários negociados na BM&FBovespa

Confira a tabela com os fundos recomendados:

FundoCódigo

BTG Pactual Fundo de Fundos  BCFF11B
BTG Pactual Corporate Office Fund  BRCR11
Floripa Shopping FLRP11B
Maxi Renda II MXRF11
SP Downtown FII SPTW11

Conheça um pouco mais sobre cada um deles:

BTG Fundo de Fundos de FII (BCFF11B): tem por objetivo primordial a aquisição de cotas de outros Fundos de Investimento Imobiliário, Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI), Letras Hipotecárias (LH), Letras de Crédito Imobiliário (LCI), ações ou cotas de sociedades cujo único propósito se enquadre entre as atividades permitidas aos Fundos de Investimentos Imobiliários e imóveis comerciais prontos ou em construção. O Fundo distribui rendimentos mensalmente, provenientes da composição de sua carteira e do ganho de capital com a venda de ativos integrantes do portfólio.

Quer saber mais sobre os termos usados no mercado financeiro? Acesse o glossário InfoMoney

BTG Pactual Corporate Office Fund (BRCR11): o fundo inaugurou uma nova fase no mercado de fundos imobiliários no Brasil. Dono do maior patrimônio dentre todos os fundos negociados na BM&FBovespa, ele é proprietário de importantes edifícios comerciais nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Campinas. O fundo tem gestão ativa (compra e vende imóveis quando acha interessante) e política de distribuição de resultados direcionada a possibilitar reinvestimentos. Dentre seus imóveis, destacam-se o Eldorado Business Tower na marginal Pinheiros em São Paulo (56,5% do edifício), a Torre Almirante no Centro do Rio de Janeiro (60% do edifício) e o Brazilian Finance Center na avenida Paulista em São Paulo (60% do edifício).

Floripa Shopping FII (FLRP11B): O fundo possui 38% do empreendimento imobiliário Florianópolis Shopping Center, integralmente finalizado e destinado à exploração comercial por meio de locação de suas atuais 164 lojas. O fundo conta com garantia de rentabilidade mínima de 0,88% ao mês sobre valor de emissão até o exercício de setembro de 2013, distribuído aos cotistas em outubro de 2013. A garantia de rentabilidade mínima é oferecida pela Plenaventura Participações S.A., uma das empreendedoras do Shopping. O Floripa Shopping Center conta com 27.758 m² de área bruta locável. Entre as lojas âncora estão C&A, Magazine Luiza, Lojas Americanas, Cinemark e Riachuelo.

Maxi Renda FII (MXRF11): O fundo tem por objetivo a aplicação preponderante em CRI (certificados de recebíveis imobiliários), podendo ainda investir em LCI (letras de crédito imobiliários), LH (letras hipotecárias) e cotas de fundos de investimento imobiliário. O Maxi Renda tem como objetivo superar a rentabilidade da Nota do Tesouro Nacional série C (NTN-C, que remunera o investidor com IGP-M mais juros). Os CRIs poderão ser de ativos performados ou não, lastreados em recebíveis de imóveis comerciais, residenciais, industriais, shopping center, loteamentos e outros.

SP Downtown FII (SPTW11): o objetivo do fundo é a compra dos imóveis Belenzinho e Badaró por meio da aquisição de SPEs (Sociedades de Propósitos Específicos) de mesmo nome e que são donas dos respectivos empreendimentos. Os dois imóveis estão locados para a empresa do setor de call center Atento.

 

Contato