Em imoveis / fundos-imobiliarios

Ainda vale a pena investir em fundos imobiliários?

Money Talks traz consultor para falar sobre a alternativa de investimento mais comentada dos últimos meses

SÃO PAULO – Com a rentabilidade da renda fixa caindo de forma significativa, por conta dos cortes da Selic, e com o mercado de ações patinando durante este ano de 2012, os produtos financeiros ligados ao mercado imobiliário ganharam muito destaque nos últimos meses. 

Mas será que os fundos imobiliários são recomendados para todos os investidores? Será que ainda representam uma boa alternativa, mesmo depois da forte alta registrada em 2012? Como escolher o fundos mais adequados para você?

Para responder a estas e outras perguntas, o Money Talks desta semana traz Sergio Belleza, consultor e um dos maiores especialistas do assunto no Brasil. São três blocos de entrevista discutindo vários aspectos de uma das alternativas de investimento mais badaladas do momento.

  • PARTE 1 - O momento ainda é propício para investir em fundos imobiliários?
  • 2624346

  • PARTE 2 - Qual fundo imobiliário é o melhor para o seu perfil?
  • 2624346b

  • PARTE 3 - Dicas para escolher um fundo imobiliário
  • 2624346c

    A InfoMoney declara que:
    Este material contém as opiniões atuais do analista, que estão sujeitas a mudanças sem aviso e que podem ser divergentes da opinião de outros profissionais ou da InfoMoney, que poderá publicar informações que não apresentem similaridade com as informações aqui fornecidas. Para elaborar este material, foram utilizadas informações obtidas de fontes que o analista e a InfoMoney acreditam serem idôneas e fidedignas, mas o autor ou a InfoMoney não garantem a integridade, confiabilidade ou exatidão de tais informações. O analista e a InfoMoney não se responsabilizam por nenhuma operação que for ou vier ser realizada pelos Investidores baseados nas informações aqui fornecidas, cabendo a eles, exclusivamente, a decisão de adquirir ou alienar valores mobiliários e o eventual ônus ou retorno financeiro decorrente de tal decisão. Este material não pode ser reproduzido ou redistribuído, no todo ou em parte, sem o prévio consentimento por escrito da InfoMoney.

     

    Contato