Em gol

Gol suspende operações com Boeing 737 MAX 8

Decisão foi tomada após a queda de um avião da Ethiopian Airlines neste domingo (10), que deixou 157 mortos

Gol
(Shutterstock)

A companhia aérea Gol anunciou nesta segunda-feira (11) que suspendeu temporariamente o uso do modelo 737 MAX 8, da Boeing, após terem ocorrido dois acidentes com aeronaves do mesmo modelo pelo mundo.

O último acidente aconteceu neste domingo (10): a queda de um avião da Ethiopian Airlines, que deixou 157 mortos. No fim de outubro de 2018, 189 pessoas morreram em um voo da indonésia Lion Air.

Segundo comunicado divulgado pela Gol na noite desta segunda-feira, 11, não serão usados os sete modelos que fazem parte da frota da empresa. Mais cedo, o Procon havia recomendado que a companhia suspendesse as operações com esses aviões da Boeing.

Por meio de nota, a empresa "reitera a confiança na segurança de suas operações e na Boeing, parceira exclusiva desde o início da companhia em 2001". A Gol afirma que espera que seja possível retornar a colocar essas aeronaves em atividade.

Os clientes com viagens previstas nas aeronaves 737 MAX 8 serão reacomodados, informou a Gol.

 

 

 

Contato