Em gol

Gol terá minoritário no controle com menor fatia da família Constantino, diz Valor; aérea nega

Analistas do Bradesco BBI acreditam que, se a informação for confirmada, reduzirá o risco de uma troca de ações desfavorável para retirar a Smiles da bolsa

Smiles avião Gol
(Divulgação)

SÃO PAULO - O jornal Valor Econômico publicou que a Gol (GOLL4), que está listada no Nível 2 de governança da B3, prepara uma nova operação para incorporação da controlada Smiles (SMLS3) que a levará para o Novo Mercado e fará a família Constantino perder o controle majoritário do grupo. A notícia, que foi publicada na reta final do pregão da véspera pelo ValorPro, fizeram os papéis da SMLS3 fecharem em alta de 5,64% e os GOLL4 caírem 3,36%. 

A reportagem diz que fontes próximas ao assunto relataram que os atuais donos continuarão no comando da gestão por meio de uma participação relevante, porém, inferior a 50% do capital. A Gol detém o controle da Smiles, que é listada no Novo Mercado desde a abertura de capital em 2013, com 52% do capital votante e total.

Do outro lado, a Gol enviou comunicado à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) em que afirma não ter sido consultada pela reportagem que "não há, na presente data, fatos concretos que sustentem as afirmações contidas na matéria com relação à potencial operação de reestruturação societária envolvendo a controlada Smiles". 

O fundo Volluto, da família Constantino, detém todas as ações ordinárias da empresa. Outro veículo da família, o fundo Mobi, tem 49% das preferenciais que dão direito a dividendo equivalente a 35 vezes o valor pago à ordinária, acesso ao prêmio de controle (tag along) e voto em circunstâncias especiais. A Delta Airlines tem 12% das super-preferenciais da brasileira. 

Segundo os analistas do Bradesco BBI, se o cenário apontado pela reportagem for confirmado, reduz o risco de uma troca de ações desfavorável para retirar a Smiles da bolsa. "Dados os acordos históricos para migrar para o Novo Mercado e tag along de 100% para ações sem direito a voto, a Gol pode propor uma taxa de conversão uma ação ordinária para uma preferencial", explicam os analistas em relatório enviado a clientes. Eles seguem preferindo os ativos da Gol em relação ao da Smiles, com recomendação outperform (desempenho acima da média do mercado) e preço-alvo para os ativos da aérea de R$ 30.  

Quer investir em ações com TAXA ZERO de corretagem? Abra uma conta na Clear

 

Contato