Em franquias

Empresário deixa agropecuária e cria duas redes de franquia em um ano

Em 2013, 21,9% dos empreendedores brasileiros tinham entre 25 e 34 anos

Jhonathan Ferreira_Pão Express e Brasileirinho Delivery
(Divulgação)

SÃO PAULO – Os empreendedores brasileiros estão cada vez mais jovens. De acordo com pesquisa realizada pelo Sebrae e pela GEM (Global Entrepreneurchip Monitor),  em 2013, 21,9% dos empreendedores do País em todos os segmentos tinham entre 25 e 34 anos.

Dentre os segmentos, o mercado de franquias tem sido promissor e um bom celeiro de negócios de sucesso tocados por empresários com menos de 30 anos. Este é o caso de Jhonathan Ferreira, de 29 anos, que em um ano lançou duas redes de franquia.

O jovem mato-grossense vem de uma família tradicional no setor de agropecuária em Goiás e no Mato Grosso. Porém, ao invés de seguir os negócios da família, ele decidiu ter seu próprio negócio.

Após fazer faculdade de administração, conheceu o sócio Adriano, de 27 anos – que já possuía experiência no franchising – e juntos criaram, em São José do Rio Preto, a Pão Express, rede de padarias no modelo drive thru. No mesmo ano, lançaram outra marca no mercado: a Brasileirinho Delivery, primeira rede de comida típica brasileira servida em box.

Hoje, as redes estão em expansão e a expectativa é que cada uma tenha 50 unidades abertas até o final de 2015. Para Jhonathan, o ramo alimentício é seguro, basta analisar o mercado e escolher o ponto comercial com cuidado. “Nenhuma crise abala a demanda por alimentos, mas é preciso estar atento às tendências e a concorrência na região escolhida para abertura da unidade”, afirma.

Segundo relatório do projeto Brasil Food Trends 2020, desenvolvido pelo Ital (Instituto de Tecnologia de Alimentos), por conta do ritmo de vida nos centros urbanos, os consumidores procuram conveniência e a praticidade na hora de se alimentar.

“Problemas em localizar vaga para estacionar, correria do dia-a-dia e dificuldade de deslocamento nas grandes metrópoles fazem com que refeições prontas, embalagens práticas e serviços e produtos delivery e drive thru sejam cada vez mais procurados”, explica o empresário.

 Além disso, a preocupação com a saúde gerou uma alta demanda em produtos saudáveis e naturais. Segundo estudo do Euromonitor International, o mercado mundial de ingredientes considerados saudáveis cresceu 6,75% entre 2013 e 2014.

Enquanto as vendas de alimentos e bebidas tradicionais cresceram 67% nos últimos cinco anos no Brasil, as de saudáveis aumentaram 98% no mesmo período. Além de ser um segmento que movimenta US$ 35 bilhões ao ano no País.

Pensando nisso, a Brasileirinho Delivery investiu em um cardápio fitness. “Após notarmos a grande procura por alimentação saudável e de baixa caloria, decidimos inserir em nosso cardápio opções que atendessem a este publico, já que e uma tendência irreversível na alimentação do brasileiro”, diz Jhonathan.

 

Contato