Em ferheringer

Com ajuste de expectativas, ação da Heringer já sobe 29% em dois meses

Papéis subiram forte desde sexta-feira, impulsionados pelo resgate antecipado de debêntures; contudo, ação FHER3 ainda acumula forte perda de setembro pra cá

feijão_agricultura_safra_balançacomercial
(Reuters)

SÃO PAULO - Em meio ao ajuste de expectativas e com o anúncio de resgate antecipado de debêntures no valor de R$ 76 milhões, as ações da Fertilizantes Heringer (FHER3) vêm registrando alta na sessão desta segunda-feira (4), com valorização de 2,18% levando o preço da ação a R$ 11,24, segundo cotação das 16h14 (horário de Brasília). No mesmo horário, o Ibovespa registrava queda de 1,56%

O movimento é uma extensão da forte alta de 7,74% vista no pregão da última sexta-feira (1). No dia em questão, os ativos da companhia movimentaram R$ 3 milhões na BM&FBovespa, quase seis vezes maior que o giro financeiro médio das últimas 21 sessões. Nesta segunda, o volume também está bem acima da média (R$ 1,54 milhão).

. Desta forma, os papéis seguem o movimento de recuperação registrado desde o final de novembro.

Entretanto, de acordo com o analista da Inva Capital, Raphael Cordeiro, o resgate antecipado de debêntures, que sinaliza uma maior saúde financeira da companhia, é apenas a "cereja do bolo" após a forte queda infundada dos papéis no segundo semestre e intensificada a partir de outubro.

As ações da companhia caíram cerca de 16% na segunda metade do ano anterior, após grandes instituições financeiras, como o Itaú BBA e Bank of America Merril Lynch, revisarem para baixo as expectativas para a companhia no terceiro trimestre, com um maior aperto das margens de rentabilidade. Somente entre 14 de setembro e 28 de novembro, as ações da companhia despencaram de R$ 16,10 para R$ 8,60 - desvalorização de 46,6%.

Vendo a queda dos preços dos grãos e o atraso na época de plantio no Brasil, os analistas revisaram, em outubro, as perspectivas para o desempenho das ações e aumentaram a perspectiva de risco sobre os papéis FHER3. A baixa liquidez das ações da empresa na bolsa colaborou para acentuar o movimento negativo.

Ajuste de expectativas 
Contudo, aponta Cordeiro, mesmo com um cenário mais difícil no período, as expectativas tão negativas para os resultados da companhia não se confirmaram. Completando o cenário ruim, estiveram as notícias negativas de outro player do setor, a Bunge Fertilizantes, que estaria vendendo seus produtos abaixo do preço de custo no quarto trimestre. Em dezembro, a divisão de fertilizantes foi comprada pela Yara International por US$ 750 milhões. 

Com a não confirmação do cenário ruim para a Fertilizantes Heringer, avalia Cordeiro, o resgate de debêntures impulsiona os papéis. Combinado a isso, estão as expectativas bastante fortes de que a companhia divulgará um volume recorde na venda de fertilizantes no quarto trimestre de 2012. "Desta forma, os papéis passam por um momento de ajuste de expectativas", avalia o analista.

Assim, as ações da companhia passam por um movimento de recuperação, observado desde novembro. Desde o patamar mínimo, alcançado em 28 de novembro de 2012, as ações da companhia já esboçam alta de cerca de 29%. Contudo, as ações continuam com um preço bastante baixo em relação ao patamar de R$ 16,10 de 14 de setembro de 2012, com um preço 43,75% menor em relação a esse fechamento. 

 

Contato