Em educacao / guias

Fator humano é o grande responsável pelos acidentes de trânsito no Brasil

Uma pesquisa da Scaringella Trânsito mostrou essa foi a causa de 44% dos incidentes fatais do tipo no País

SÃO PAULO - Acidentes de trânsito são um sério problema nas grandes cidades, sendo causadores de boa parte das mortes entre a população. Para se ter uma idéia da dimensão do problema no Brasil, o número de acidentes fatais de trânsito no País corresponde a 10% dos falecimentos desse tipo em todo o mundo.

Um levantamento feio pelo Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas de São Paulo mostrou que cerca de 65% dos leitos de traumas dos hospitais públicos são ocupados por vítimas de trânsito.

Nem todos os fatores estão ao alcance do motorista, é verdade, como é o caso das ruas e avenidas em más condições ou de tempestades. Mas não são essas as principais causas de acidentes. O grande vilão é mesmo o fator humano.

Principais causas
Segundo a pesquisa da Scaringella Trânsito, em parceria com a Connection Tecnologia, o fator humano é responsável por 44% dos incidentes automobilísticos no país, isoladamente. As más condições dos veículos causaram outros 19% dos acidentes, e os fatores ambientais e às condições das vias públicas, foram responsáveis por mais 29%.

Responsabilidade
Tendo-se em vista que muitas vidas, inclusive a do próprio motorista, podem ser colocadas em perigo por descuidos e infrações que poderiam ser evitados, é preciso ser muito responsável ao volante.

Um dos pontos a que o condutor pode atentar é a manutenção de seu veículo. Checar o estado de pneus, freios, amortecedores e outras peças pode reduzir bem o número de ocorrência, segundo Roberto Scaringella, coordenador de uma pesquisa sobre as causas de acidentes.

Álcool
Problemas com embriaguez são alguns dos mais freqüentes. Segundo uma pesquisa da ABDetran (Associação Brasileira de Detrans), 43% dos acidentes ocorrem no fim de semana e a maioria das vítimas estava com níveis de álcool acima do permitido no sangue.

 

Contato