Em educacao / guias

Linha momentum: saiba em que ponto está a tendência identificada no mercado

Identifique quando a tendência observada está acelerando ou desacelerando através desta ferramenta da análise técnica

SÃO PAULO - Muitos investidores vêm demonstrando interesse crescente pela análise técnica. Um dos fatores que pode explicar tamanho interesse é porque esse tipo de análise fornece informações em tempo real do que está acontecendo com o mercado e o que pode acontecer em questão de algumas horas.

A análise técnica permite a visualização dos movimentos de mercado e é composta por diversos gráficos e indicadores. Dentre os indicadores mais acompanhados, ficam os osciladores, dos quais o momentum, juntamente com o IFR, é um dos mais usuais.

Saiba mais sobre o momentum
Este indicador mede a velocidade com que os preços variam em relação aos níveis de preços atuais de um determinado ativo. Desta forma, o momentum é derivado da contínua diferença de preços para um determinado intervalo de tempo pré-definido. Vale lembrar que este intervalo fica a critério do analista, mas como exemplo utilizaremos o de 10 dias, considerado entre os mais comuns.

Assim, uma linha momentum de 10 dias baseia-se na subtração do preço de fechamento há 10 pregões de um determinado ativo pelo último preço de fechamento do mesmo ativo. Esta linha oscila em torno de uma linha zero, de forma que se este resultado for positivo, a linha momentum estará acima do zero, e se negativo ela estará abaixo do zero.

Sensibilidade do gráfico depende do período
Desta maneira, quando o último preço de fechamento do ativo é superior àquele de 10 pregões, o que representa um crescimento dos preços no período, então um valor positivo será inserido no gráfico e portanto acima da linha zero. Ao passo que, quando o último preço de fechamento for inferior, então um valor negativo será inserido no gráfico, abaixo da linha zero.

É interessante ressaltar que quanto menor for o intervalo de tempo determinado para a linha momentum, mais sensível será esta linha, de forma que ela apresentará oscilações mais fortes. Em sentido oposto, quanto maior o intervalo, menos sensível ela será e deverá apresentar oscilações mais suaves.

Sinais de compra e venda
Ao utilizar a linha momentum como um gerador de sinais de compra e de venda, o investidor deve ter cautela, já que o simples fato do oscilador cruzar a linha zero não revela necessariamente um sinal seguro. Ou seja, não justifica operações contrárias à tendência.

Desta maneira, o sinal de compra é dado quando a linha momentum cruza a linha zero de baixo para cima, mas somente se o ativo estiver em tendência de alta. O mesmo vale para o sinal de venda, que só será relevante se a linha momentum cruzar a linha zero de cima para baixo somente em tendência de queda.

Saiba em que ponto está a tendência
Uma análise mais apurada da linha momentum fornece ao investidor a percepção da velocidade da tendência observada, ou seja, se esta se apresenta estável, acelerando ou desacelerando.

Assim, quando a linha momentum está acima do zero e subindo, juntamente com uma tendência de alta previamente observada, com preços crescentes, indica que esta tendência está acelerando.

Mas, se a linha momentum se estabiliza, esta é a indicação de que os novos ganhos atingidos nos últimos fechamentos estão se igualando ao ganhos de 10 pregões anteriores, ou seja, enquanto os preços estão avançando, a velocidade com que isso ocorre diminuiu.

Além disso, quando a linha momentum cruza a linha zero de cima para baixo e a tendência de alta nos preços continua, este é o sinal de que esta tendência está desacelerando, ou está perdendo momentum.

Então, quando a linha momentum move-se abaixo da linha zero, o preço do último fechamento está abaixo do preço do fechamento de 10 pregões atrás e uma tendência de queda de curto prazo pode ser observada. Só então quando a linha se afasta da linha zero para o sentido negativo do gráfico é que a tendência de queda começa a ganhar momentum.

Atenção na hora de utilizar o indicador
Note que é importante observar que se os últimos preços foram inferiores àqueles de 10 pregões anteriores, a linha momentum começa a declinar, mesmo quando os preços ainda estão subindo, de forma que é esta a maneira pela qual este oscilador mede a aceleração ou desaceleração na tendência observada.

Além disso, em razão da maneira como este indicador é construído, ele está sempre um passo a frente do movimento dos preços, de forma que ele lidera o avanço ou declínio dos preços quando a tendência atual ainda está vigorando. A partir disso, começa a mover-se em direção oposta, à medida que os preços começam a cair ou subir, dependendo da tendência.

Desta maneira, a atenção na hora de utilizar a linha momentum é importante, já que, diferente de outros osciladores, ela dá uma noção mais ampla da velocidade da tendência do que de sinais de compra e venda, visto que estes sinais são revelados unicamente em função da tendência observada e não pelo simples fato da linha estar acima ou abaixo do zero.

 

Contato