Em educacao / guias

Guia do Consórcio

Comparando os custos dos consórcios com financiamentos

Para ajudá-lo a entender melhor a diferença de custos entre os consórcios e os financiamentos, optamos por um exemplo prático, onde comparamos o custo de um consórcio imobiliário e o de um financiamento imobiliário. No exemplo, assumimos que os juros mensais médios cobrados nos financiamentos imobiliários sejam de TJLP+5,5% ao ano, o que equivaleria a 15% ao ano, ou 1,21% ao mês.

A prestação dos consórcios é formada pela soma dos gastos para se formar o chamado Fundo Comum, que será usado para pagar o imóvel, acrescido dos gastos com seguros, taxa de administração e taxa de fundo de reserva, mas não são cobrados juros. Tomando o exemplo acima, em que a taxa de administração varia entre 13-17% e a taxa do fundo de reserva é de 5%, para um imóvel de R$ 100 mil o cálculo seria:

Tipos de Taxas 60 meses 120 meses
Fundo Comum 100%/60=1,67% am 100%/120=0,83% am
Fundo de Reserva 5%/60=0,083%am 5%/120=0,042%am
Administração 13%/60=0,217%am 17%/120=0,1416%am
Total 1,97% ao mês 1,01% ao mês

A grande vantagem é que as taxas podem ser amortizadas durante a duração do consórcio. Portanto, quanto maior a duração do consórcio, menor a taxa mensal, e mais vantajoso em relação ao financiamento imobiliário.

Por último, deve-se lembrar que no consórcio as prestações são ajustadas anualmente com base no INPC (índice nacional de preços ao consumidor), enquanto no financiamento o saldo devedor é corrigido com base na parcela amortizada e os juros cobrados no financiamento, de 1,20% ao mês.

 

Contato