Em educacao / guias

Guia do Consórcio

Cuidados ao escolher um consórcio

Abaixo, selecionamos algumas dicas do que olhar e checar na hora de decidir participar de um consórcio:

  • Credibilidade da empresa administradora: verifique se a empresa está autorizada pelo Banco Central a atuar no setor, e verifique se não existem reclamações contra ela nos órgãos de defesa do consumidor, como o Procon.
  • Compare os benefícios oferecidos: algumas administradoras, por exemplo, optam por aumentar o número de sorteios, o que acaba reduzindo o prazo do consórcio. Outras oferecem sorteios que permitem a quitação do saldo devedor, ou simplesmente facilitam as transferências de cotas.
  • Tratamento dos inadimplentes: não se esqueça de checar a reputação da empresa no que refere ao tratamento de consorciados inadimplentes ou excluídos. Verifique se a empresa demora muito tempo depois do término do grupo para restituir os valores dos consorciados excluídos, já que algumas empresas simplesmente não pagam estes valores, alegando que foram gastos para contemplar outros participantes, o que não é legal.
  • Compare custo benefício: antes de optar pelo consórcio, compare os custos com os de uma poupança programada, pois em alguns casos esta opção permite que você compre o bem mais rapidamente sem ter que arcar com os gastos de taxa de administração e de adesão do consórcio.
  • Leia contrato atentamente: fique também atento ao contrato, especialmente no que diz respeito ao cálculo das prestações, termos dos sorteios e lances, assim como formas de exclusão.Não se esqueça de checar a restituição dos valores do fundo de reserva.
  • Cuidado com cláusulas de adesão: em alguns contratos estas cláusulas prevêem que, ao aderir ao grupo do consórcio, o consumidor se torna um sócio da empresa. Desta forma, as administradoras tentavam limitar a relação de consumo com os participantes, de forma a se isentar das exigências do CDC (Código de Defesa ao Consumidor). O sistema coloca em risco o dinheiro que o consumidor aplicar no grupo, pois não exige um mecanismo de proteção para garantir o crédito ao participante do grupo.

Veja também:

 

Contato