Em educacao / guias

Especialistas descrevem as lições básicas para um iniciante em análise técnica

Leandro & Stormer e Joe Ross lembram que o bom trader é organizado: deve planejar, executar ordens e anotar tudo

SÃO PAULO - Feito o primeiro curso de análise técnica, o recém-formado, convicto de que já entende tudo sobre as ferramentas, olha para o gráfico na tela do computador e conclui: estou pronto para enriquecer. Mas antes, esse novato deverá alcançar uma constatação muito mais crucial: está pronto para operar?

"Muito mais difícil do que ser um ótimo analista técnico é ser um ótimo trader", diz a equipe da Leandro.Stormer aos novos aventureiros. Elaborar um diário de mercado, atualizar gráficos, manter anotações precisas; tudo isso demanda tempo do investidor.

Para Joe Ross, trader mundialmente reconhecido, a operação tende a ser um sucesso desde que o investidor separe 80% do seu tempo para planejar os passos e 20% para efetuar as ordens de compra e venda.

Disciplina
Antes de iniciar o trade, Joe Ross aconselha que a situação do mercado seja atualizada. A partir daí, o trader começa a traçar seu plano de operação, escolhendo a periodicidade e os gráficos mais apropriados. Assim fica mais fácil garimpar oportunidades de entrada, conforme os objetivos.

Porém, o trader sabe que muitas vezes o mercado não se comporta conforme o previsto. Por isso, é imprescindível definir um stop loss. Segundo Joe Ross, "ninguém pode dizer ao trader onde posicionar seu stop de proteção". O investidor deve julgar o quanto está disposto a perder.

Como parâmetro, os analistas da Leandro.Stormer aconselham nunca abrir mão de mais de 2% do total em uma operação, ou nunca expor mais do que 6% do seu capital em um mês.

Tudo anotado
Haja vista a importância do planejamento, merece destaque uma ferramenta básica e indispensável: o diário de operações. A Leandro.Stormer adverte: "os únicos traders de sucesso são pessoas altamente organizadas".

No diário, o investidor deve agregar dados de operações já realizadas e a serem iniciadas. Comentários sobre o método escolhido ou justificativas para abrir ou fechar operações são sempre bons guias para futuras empreitadas.

Neste diário, avalie suas constatações de forma crítica. Se a operação foi um sucesso, missão cumprida. Já se o plano não saiu como o previsto, busque entender o porquê. Um bom trader não repete erros identificáveis.

 

Contato