Indicadores

Volume de serviços no Brasil cai 2,7% em março na base anual por conta do coronavírus, pior do que o esperado

Dados revelam impacto das primeiras medidas tomadas para conter a pandemia no País

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O volume de serviços no Brasil caiu 2,7% em março na comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A expectativa mediana dos economistas do mercado financeiro compilada no consenso Bloomberg apontava para uma queda de 2,1% no período. Em fevereiro, a retração havia sido de 0,7%.

Na comparação com fevereiro, setor de serviços recuou 6,9%.

Estes dados revelam o impacto das primeiras medidas contra o coronavírus tomadas no Brasil. Vale lembrar que as aulas e serviços como restaurantes, bares, casas noturnas, salões de beleza e outras lojas foram suspensos primeiro no Distrito Federal em 11 de março e depois em São Paulo, no dia 16 de março e no Rio de Janeiro em 17 de março.

Aprenda a investir na bolsa

A PMS investiga a receita bruta das empresas do setor de serviços, excluindo-se as companhias dos segmentos financeiro, de saúde e educação.