Medidas no radar

Reino Unido reforça medidas protetivas ao setor financeiro

Autoridades tomarão medidas para supervisionar e fortalecer os chamados Serviços Críticos prestados por terceiros (CTP, na sigla em inglês)

Por  Estadão Conteúdo -

As três principais autoridades financeiras do Reino Unido – Banco da Inglaterra (BoE, o banco central inglês), Regulação Prudencial (PRA) e a Conduta Financeira (FCA) – informaram nesta quinta-feira, 21, que tomarão medidas para supervisionar e fortalecer os chamados Serviços Críticos prestados por terceiros (CTP, na sigla em inglês).

Os CTPs fornecem determinados serviços para empresas de serviços financeiros regulamentados, além de empresas de infraestrutura do mercado financeiro (FMIs), que podem afetar a estabilidade financeira e causar danos aos consumidores se falharem ou forem interrompidos. As medidas potenciais incluídas no documento de discussão publicado hoje visam mitigar esse risco.

A terceirização bem gerenciada e outros acordos com terceiros podem trazer benefícios para empresas, por exemplo, por meio de ganhos de eficiência, custos reduzidos, ganho de escala, inovação mais rápida, melhores resultados para o cliente e maior resiliência operacional, informa o comunicado divulgado à imprensa.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe