Produção industrial dos EUA tem queda inesperada em abril, diz BC americano

A produção manufatureira caiu 0,3% no mês passado, após um aumento revisado para baixo de 0,2% em março, informou o Federal Reserve; economistas previam que a produção das fábricas subiria 0,1% no mês

Reuters

Fábrica em Columbus, nos EUA - 26/03/2024 (Reuters/Carlos Barria)

Publicidade

Washington (Reuters) – A produção nas fábricas dos Estados Unidos caiu inesperadamente em abril, em meio a um declínio na produção de veículos automotores, mostraram dados nesta quinta-feira (16).

A produção manufatureira caiu 0,3% no mês passado, após um aumento revisado para baixo de 0,2% em março, informou o Federal Reserve. Economistas consultados pela Reuters previam que a produção das fábricas subiria 0,1%, depois de um avanço de 0,5% relatado anteriormente em março.

Em abril, a produção nas fábricas caiu 0,5% em relação ao ano anterior. O setor industrial, que responde por 10,4% da economia, continua limitado pelos custos mais altos de empréstimos.

Continua depois da publicidade

A produção de veículos automotores e peças diminuiu 2,0% no mês passado, depois de ter aumentado 2,8% em março. A produção de bens duráveis caiu 0,5%. Também houve quedas em equipamentos elétricos, eletrodomésticos e componentes, bem como de produtos de madeira. Mas a produção de metais primários, produtos eletrônicos e de informática, aeroespacial e equipamentos de transporte diversos aumentou.

A produção de bens não duráveis caiu 0,1%, já que uma queda de 4,4% nos produtos de petróleo e carvão compensou os ganhos em outros setores.

A produção de mineração caiu 0,6%, depois de ter recuado 1,1% em março. Serviços públicos tiveram alta de 2,8%, depois de terem aumentado 1,6% no mês anterior. A produção industrial geral ficou inalterada em abril. Isso ocorreu depois de um ganho de 0,1% em março. A produção industrial caiu 0,4% em termos anuais em abril.