Pedidos de auxílio desemprego nos EUA caem para 222 mil semana

Dado veio ligeiramente acima do previsto pelo consenso LSEG de analistas, que estimava 220 mil pedidos na semana; taxa de desemprego segurado permaneceu inalterada em 1,2%

Roberto de Lira

Anúncio de vaga em Cambridge, Massachusetts, nos EUA (Reuters/Brian Snyder)

Publicidade

O número de pedidos de auxílio desemprego nos Estados Unidos caiu 10 mil, para 222 mil solicitações, na semana encerrada em 11 de maio, segundo pesquisa divulgada nesta quinta-feira (16) pelo Departamento do Trabalho do país. O dado da semana passada foi revisado para cima em 1.000, de 231.000 para 232.000.

O dado veio ligeiramente acima do previsto pelo consenso LSEG de analistas, que estimava 220 mil pedidos na semana.

A média móvel de quatro semanas foi de 217.750, um aumento de 2.500 em relação à média revisada da semana anterior, que passou de 215.000 para 215.250.

Continua depois da publicidade

A taxa antecipada de desemprego segurado ajustada sazonalmente permaneceu inalterada em 1,2% na semana encerrada em 4 de maio – esse cálculo é apresentado com uma semana de defasagem ante os dados gerais.

O número total para o desemprego segurado durante a semana encerrada em 4 de maio foi de 1,794 milhão, um aumento de 13.000 em relação ao nível revisado da semana anterior, que passou de 1,785 milhão para 1,781 milhão.