Brexit

Parlamento do Reino Unido aprova eleições gerais para 12 de dezembro

Foram 438 votos a favor e apenas 20 contra e agora a proposta deve passar pela Câmara dos Lordes

arrow_forwardMais sobre
(Parlamento Reino Unido/Jess Taylor)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Parlamento do Reino Unido aprovou nesta terça-feira (29) realizar eleições gerais antecipadas em 12 de dezembro em uma tentativa de acabar com o impasse para a realização do Brexit, que foi adiado para 31 de janeiro de 2020.

Foram 438 votos a favor e apenas 20 contra e agora a proposta deve passar pela Câmara dos Lordes, onde especialistas esperam a aprovação sem alterações. Originalmente, as próximas eleições gerais aconteceriam apenas em 2022.

Antes desta decisão, os parlamentares rejeitaram diversas alterações ao projeto de eleições, entre elas uma tentativa para que o pleito ocorresse em 9 de dezembro e a redução da idade para votação para 16 anos.

Aprenda a investir na bolsa

Esta foi a quarta tentativa do primeiro-ministro Boris Johnson de garantir uma eleição geral antecipada. A vitória agora se deu após a União Europeia aceitar adiar o prazo para o Brexit, evitando assim a ocorrência de uma saída sem acordo no dia 31 de outubro.

A última votação nacional, em 2017, terminou em um “Parlamento suspenso”, dificultando a aprovação da legislação pelo governo.

A ideia agora de realizar eleições é colocar na mão da população a escolha por um Parlamento que consiga levar adiante e finalmente realizar o Brexit, que foi definido em um referendo em junho de 2016.