Opep mantém previsão de alta na demanda global por petróleo em 2023, em 2,3 milhões de barris/dia

Opep também manteve sua previsão para o aumento da oferta de petróleo entre países fora do grupo em 2023, em 1,4 milhão de barris/dia

Estadão Conteúdo

(Getty Images)

Publicidade

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) manteve sua previsão de alta na demanda global por petróleo em 2023, em cerca de 2,3 milhões de barris por dia (bpd), segundo relatório mensal publicado nesta quinta-feira (11). Para o ano já encerrado de 2022, o cartel reafirmou sua estimativa de aumento na demanda global em 2,5 milhões de bpd.

Apenas a demanda em países que integram a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento (OCDE) deverá crescer quase 100 mil bpd este ano, projeta a Opep.

Fora da OCDE, a previsão é de avanço em torno de 2,3 milhões de bpd no consumo em 2023.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Oferta fora do grupo

A Opep também manteve sua previsão para o aumento da oferta de petróleo entre países fora do grupo em 2023, em 1,4 milhão de barris por dia.

Os países que devem mais contribuir para o incremento da oferta em 2023 são EUA, Brasil, Noruega, Canadá, Casaquistão e Guiana, diz a Opep. Por outro lado, é esperada redução na oferta da Rússia.

Para o ano já fechado de 2022, a Opep reiterou sua estimativa de acréscimo da oferta em 1,9 milhão de bpd.

Continua depois da publicidade

Ainda no relatório, a Opep informa que sua produção teve queda de 191 mil bpd em abril ante março, para uma média de 28,60 milhões de barris/dia, de acordo com fontes secundárias.