Núcleo da inflação em Tóquio desacelera para 2,1% em dezembro

Leitura que exclui os preços dos alimentos frescos foi a mais fraca do indicador desde junho de 2022; índice cheio ficou em 2,4%

Roberto de Lira

Japão (Colton Jones/Unsplash)

Publicidade

O núcleo da inflação ao consumidor em Tóquio abrandou pelo segundo mês consecutivo em dezembro, de uma alta anualizada de 2,3% no mês anterior para 2,1%, informou na segunda-feira (8) o Ministério da Administração Interna. A leitura do indicador que exclui os preços dos alimentos frescos foi a mais fraca do indicador desde junho de 2022.

A taxa de inflação cheia da capital do Japão também desacelerou, para 2,4% em dezembro, de 2,6% no mês anterior.

O CPI de Tóquio é considerado um indicador importante da inflação nacional, cujos dados oficiais devem ser divulgados em 19 de janeiro.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A meta de inflação perseguida pelo Banco do Japão (BoJ) é de 2% ao ano.