Novos empréstimos na China caem em dezembro e ficam abaixo da previsão

Os bancos da China liberaram 1,17 trilhão de yuans (US$ 163,36 bilhões) em novos empréstimos em dezembro, abaixo do total de 1,09 trilhão de yuans de novembro

Estadão Conteúdo

Sede do PBoC, o banco central chinês

Publicidade

Os bancos da China liberaram 1,17 trilhão de yuans (US$ 163,36 bilhões) em novos empréstimos em dezembro, montante que ficou abaixo do total de 1,09 trilhão de yuans de novembro, segundo dados publicados nesta sexta-feira (12) pelo PBoC, o banco central do país.

A cifra de dezembro ficou também abaixo da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam 1,38 trilhão de yuans em novos empréstimos.

O financiamento social total, uma medida mais ampla do crédito na economia chinesa, igualmente diminuiu entre novembro e dezembro, de 2,45 trilhões de yuans para 1,42 trilhão de yuans.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A base monetária da China (M2), por sua vez, teve acréscimo anual de 9,7% em dezembro, perdendo força ante a alta de 10% de novembro. A projeção do mercado para o mês passado era de avanço maior, de 10,2%.

(Dow Jones Newswires)