Mundo perderá cerca de 5% do PIB global com fragmentação do comércio, diz diretora da OMC

Perda seria equivalente à economia do Japão, segundo a diretora-geral da OMC, Ngozi Okonjo-Iweala

Estadão Conteúdo

Navio porta-contentores no Canal do Panamá

Publicidade

A diretora-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Ngozi Okonjo-Iweala, ressaltou nesta sexta-feira (12) que o mundo perderá cerca de 5% do Produto Interno Bruto (PIB) global – o equivalente à economia do Japão – caso a tendência de fragmentação do comércio continue.

O número foi estipulado por analistas da OMC no ano passado, porém, segue um risco para a economia, lembrou a autoridade.

“Nossa compilação de dados agregados em 2023 ainda tem muito ruído e não está clara para análise definitiva, mas estamos vendo sinais cada vez maiores de fragmentação que podem ser muito prejudiciais para o mundo”, afirmou Ngozi.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Entre estes sinais, a diretora destacou como exemplo o comércio entre China e Estados Unidos já em estado de declínio e o crescimento mais rápido de transações entre países com mentalidade mais parecida.

Para ela, esta postura significaria ir contra os valores sobre os quais a estrutura do comércio internacional deveria ser baseada, ignorando a estrutura de “livre comércio e ausência de protecionismo”.

“Além disso, estaríamos assinando uma sentença para mercados emergentes, impedindo o seu desenvolvimento”, pontuou.