Investimento Direto no País tem menor resultado para abril desde 1995, diz BC

No acumulado do ano até abril, o ingresso de investimentos estrangeiros destinados ao setor produtivo somou US$ 18,043 bilhões

Estadão Conteúdo

(Crédito: Pixabay)

Publicidade

Em um ambiente de incertezas sobre o futuro do Brasil, na esteira da pandemia do novo coronavírus e da crise política no governo de Jair Bolsonaro, os Investimentos Diretos no País (IDP) despencaram em abril e somaram apenas US$ 234 milhões, informou nesta terça-feira, 26, o Banco Central.

Este é o menor montante para um mês de abril desde 1995, quando o IDP foi de US$ 167,9 milhões.

O resultado ficou abaixo do piso das estimativas apuradas pelo Projeções Broadcast, que iam de US$ 1,100 bilhão a US$ 5,000 bilhões, com mediana de US$ 1,500 bilhão.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Pelos cálculos do Banco Central, o IDP de abril indicaria entrada de US$ 1,500 bilhão.

No acumulado do ano até abril, o ingresso de investimentos estrangeiros destinados ao setor produtivo somou US$ 18,043 bilhões.

A estimativa do BC para este ano é de IDP de US$ 60,0 bilhões. Este dado, no entanto, foi divulgado no fim de março.

Continua depois da publicidade

No acumulado dos 12 meses até abril deste ano, o saldo de investimento estrangeiro ficou em US$ 73,208 bilhões, o que representa 4,31% do Produto Interno Bruto (PIB).