Investimento direto no país recua para US$ 62,0 bilhões em 2023

Total foi equivalente a 2,85% do PIB e o dado foi inferior aos US$ 74,6 bilhões (3,82% do PIB) contabilizados em 2022; reservas internacionais do Brasil somavam US$ 355,0 bilhões em dezembro de 2023

Roberto de Lira

Publicidade

O Brasil registrou investimentos diretos no país (IDP) de US$ 62,0 bilhões  em todo o ano de 2023, o equivalente a 2,85% do PIB), informou nesta segunda-feira (5) o Banco Central. O dado foi inferior aos US$ 74,6 bilhões (3,82% do PIB) contabilizados em 2022.

Segundo o BC, o ingresso líquido em participação no capital – exceto lucros reinvestidos – recuou US$ 5,0 bilhões (de US$ 36,6 bilhões em 2022 para US$ 31,6 bilhões em 2023), enquanto os lucros reinvestidos cresceram US$ 662 milhões (de US$20,6 bilhões para US$21,2 bilhões, na mesma comparação).

O ingresso líquido em operações intercompanhias recuou US$ 8,4 bilhões (US$9,1 bilhões em 2023, ante US$17,5 bilhões em 2022).

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Dezembro

Especificamente em dezembro, os investimentos diretos somaram saídas líquidas de US$ 389 milhões, em linha com as saídas líquidas observadas em dezembro de 2022, de US$ 479 milhões.

No mês, o ingressos líquidos em participação no capital atingiram US$ 924 milhões, compostos por US$ 4,9 bilhões em participação no capital exceto lucros reinvestidos, e US$ 4,0 bilhões negativos em lucros reinvestidos. As operações intercompanhias totalizaram saídas líquidas de US$ 1,3 bilhão.

Os investimentos diretos brasileiro no exterior (IDE) apresentaram aplicações líquidas de US$ 1,5 bilhão em dezembro de 2023, ante US$ 2,7 bilhões em dezembro de 2022. No ano todo de 2023, os fluxos de IDE totalizaram aplicações líquidas de US$ 28,3 bilhões, ante US$ 33,4 bilhões em 2022. 

Continua depois da publicidade

Ainda segundo o BC, os investimentos em carteira no mercado doméstico totalizaram saídas líquidas de US$8 32 milhões em dezembro de 2023, compostos por ingressos líquidos de US$ 51 milhões em ações e fundos de investimento e saídas líquidas de US$ 883 milhões em títulos de dívida.

No ano fechado de 2023, esses ingressos líquidos somaram US$ 8,6 bilhões, com saídas líquidas de US$1,1 bilhão em ações e fundos de investimentos e ingressos líquidos de US$ 9,8 bilhões em títulos de dívida – ante ingressos líquidos de US$ 7,7 bilhões em 2022.

Reservas internacionais

As reservas internacionais do Brasil somaram US$ 355,0 bilhões em dezembro de 2023, o que representou um incremento de US$ 6,6 bilhões em relação ao mês anterior.

O aumento decorreu, principalmente, de contribuições positivas de variações por preços, US$ 4,5 bilhões, e de variações por paridades, US$ 1,0 bilhão. As receitas de juros somaram US$ 669 milhões.