Inflação do consumidor (CPI) anual da OCDE desacelera para 5,7% em abril

Taxa estava em 5,8% um mês antes; núcleo do CPI, que exclui as voláteis categorias de energia e alimentos, também perdeu força entre março e abril, de 6,4% para 6,2%

Estadão Conteúdo

Bandeira da OCDE (Foto: Shutterstock)

Publicidade

A taxa anual de inflação ao consumidor (CPI, pela sigla em inglês) dos países que integram a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) desacelerou levemente em abril, para 5,7%, ante os 5,8% de março, de acordo com relatório divulgado pela OCDE nesta quarta-feira (5).

A taxa anual do núcleo do CPI – que exclui as voláteis categorias de energia e alimentos – também perdeu força entre março e abril, de 6,4% para 6,2%.

No G20, grupo que reúne as 20 maiores economia do mundo, a taxa anual do CPI se manteve estável em abril ante março, em 6,9%.

Continua depois da publicidade

Já no G7, o CPI anual caiu de 3,1% em março para 2,9% em abril, detalhou a OCDE.