Inflação ao produtor (PPI) nos EUA desacelera para 0,2% em março, abaixo de projeções

Inflação “na porta da fábrica” cresceu 2,1% nos 12 meses encerrados em março, o maior avanço desde e registrado em abril de 2023; consenso de analistas previa inflação mensal de 0,3% e alta de 2,2% em 12 meses

Roberto de Lira

Fábrica em Wisconsin, nos EUA - 03/04/2024 (Foto: Ariens Co./Divulgação via Reuters)

Publicidade

O Índice de Preços ao Produtor (PPI, na sigla em inglês) nos Estados Unidos subiu 0,2% em março, desacelerando ante os 0,6% de fevereiro, segundo dados divulgados pelo Departamento do Trabalho nesta quinta-feira (11).

A inflação “na porta da fábrica” cresceu 2,1% nos 12 meses encerrados em março, o maior avanço desde e registrado em abril de 2023.

Os dados vieram abaixo do esperado pelo consenso LSEG de analistas, que previa inflação mensal de 0,3% e alta de 2,2% em 12 meses

Continua depois da publicidade

Foi observada uma alta de 0,3% nos preços dos de demanda final e, em contraste, uma queda de 0,1% nos bens.

O núcleo do indicador, que exclui alimentos, energia e serviços comerciais subiu 0,2% em março, após uma alta de 0,3% em fevereiro. Para os 12 meses encerrados em março, o núcleo  mostrou alta de 2,8%, após ter subido 2,7% em fevereiro.