Índice de commodities do BC tem queda de 5,09% em novembro, puxado por energia

Commodities de energia recuaram 10,17% no mês; IC-Br acumula retração de 8,64% no ano e queda de 10,64% em 12 meses

Roberto de Lira

Plataforma de petróleo na Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro (Foto: Getty Images)

Publicidade

O Índice de Commodities do Banco Central (IC-Br) teve queda de 5,09% em novembro ante outubro, informou o órgão nesta quinta-feira (7). Com isso, o indicador apresentou retração de 0,58% no trimestre encerrado em novembro. O IC-Br acumula retração de 8,64% no ano e mostra queda de 10,64% em 12 meses.

A queda do IC-Br na margem em novembro foi puxada pelas commodities de energia, que recuaram 10,17%, seguidas pelas commodities agrícolas, que caíram 4,38%,  e pela metálicas, que encolheram 1,71% no mês.

Em 12 meses, todos os componentes do IC-Br também mostram variação negativa. A maior queda é do segmento de Energia, de 31,99%, seguido por Metal (-5,67%) e Agropecuária (-3,21%).

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Para efeito de comparação, o BC também divulga em seu documento o indicador internacional de commodities, o CRB, que caiu 5,43% em novembro e tem recuo de 10,66% no ano. Em 12 meses, esse indicador caiu 11,55%.