Dados revisados

IBGE revisa alta do PIB de 2019 de 1,1% para 1,4%

Já o PIB do terceiro trimestre ante o do segundo trimestre de 2019 foi de alta de 0,1% para uma queda de 0,2%.

arrow_forwardMais sobre

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revisou o Produto Interno Bruto (PIB) do ano de 2019 de alta de 1,1% para alta de 1,4%. Além do PIB anual de 2019, o IBGE revisou a taxa do quarto trimestre ante o terceiro trimestre, que saiu de aumento de 0,5% para avanço de 0,2%. Já o PIB do terceiro trimestre ante o do segundo trimestre de 2019 foi de alta de 0,1% para uma queda de 0,2%.

Também houve alteração no PIB de segundo trimestre de 2020 ante o primeiro trimestre de 2020, de recuo 9,7%% para baixa de 9,6%. E do primeiro trimestre de 2020 ante o quarto trimestre de 2019, de queda de 2,5% para declínio de 1,5%.

Fatores para a revisão

Segundo o IBGE, a alteração no PIB de 2019 foi resultado de revisões nas taxas de diferentes componentes. Pelo lado da oferta, Agropecuária, Indústria e Serviços. Sob a ótica da demanda, Consumo das Famílias, Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) e Exportações.

Dentre as revisões para cima, o PIB do consumo das famílias saiu de 1,8% para 2,2%; o de Serviços, de 1,3% para 1,7%; e o da Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), de 2,2% para 3,4%. A queda do PIB das exportações foi reduzida de -2,5% para -2,4%.

Foram revisados para baixo o PIB da Agropecuária, de 1,3% para 0,6%; e da Indústria, de 0,5% para 0,4%.

O IBGE destaca que, na divulgação do terceiro trimestre de cada ano, as Contas Nacionais Trimestrais têm a rotina de realizar uma revisão mais abrangente.

O instituto anunciou nesta quinta-feira os resultados do PIB do terceiro trimestre de 2020.

 

É possível operar com apenas R$ 25? Analista mostra como fazer primeiro trade, bater metas de ganhos diários e controlar riscos. Inscreva-se de graça!

PUBLICIDADE