Governo da Argentina vê inflação de 30% em dezembro, e fala em ‘processo longo’

O porta-voz indicou que havia distorções nos preços em quase toda a economia do país, destacando os combustíveis, além das questões cambiais

Estadão Conteúdo

Various banknotes from Argentina on the table

Publicidade

O porta-voz da presidência argentina Manuel Adorni afirmou nesta quarta-feira, 3, que o governo local projeta uma taxa de inflação de “cerca” de 30% em dezembro, embora os dados oficiais ainda não estejam disponíveis.

Em coletiva de imprensa, Ardoni disse que a atual administração sabe como acabar com a inflação, e que será um “processo longo”.

O porta-voz indicou que havia distorções nos preços em quase toda a economia do país, destacando os combustíveis, além das questões cambiais. “Vai levar um tempo para sairmos desta situação inflacionária devido ao desastre que deixaram na política, que no governo anterior foi uma bomba inflacionária, que estamos tentando resolver”. A inflação de dezembro será informada oficialmente no dia 11 de janeiro.

Tópicos relacionados