Governo alemão anuncia plano de manter suspensão de dispositivo que limita dívida pública

A expectativa é de que a revogação do limite ao endividamento enfrente resistência de diferentes atores políticos

Estadão Conteúdo

Bandeira da Alemanha (Foto: Getty Images)

Publicidade

Em meio a uma crise política, o ministério das Finanças da Alemanha anunciou nesta quinta-feira, 23, que apresentará um orçamento suplementar que suspende o chamado “freio da dívida”, dispositivo fiscal que limita o endividamento do governo. Segundo múltiplos veículos da imprensa local, a suspensão, já em vigor, continuará valida para o exercício de 2023.

A decisão veio dias após a Justiça alemã barrar a manobra das autoridades que tentava realocar para projetos ambientais um dinheiro que originalmente seria destinado ao alívio financeiro durante a pandemia de covid-19.

O julgamento gerou uma corrida em busca de maneiras para solucionar o rombo.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A expectativa é de que a revogação do limite ao endividamento enfrente resistência de diferentes atores políticos.

Em seu relatório mensal, o banco central da Alemanha (Bundesbank) argumentou que seria “inadequado” suavizar a implementação do freio da dívida.

Tópicos relacionados