Encomendas de bens duráveis nos EUA voltam a crescer em novembro

Os pedidos cresceram 5,4% em um mês, o equivalente a US$ 15,1 bilhões, para um total de US$ 295,4 bilhões

Roberto de Lira

Publicidade

As novas encomendas de bens duráveis nos Estados Unidos voltaram a crescer em novembro, após uma queda verificada em novembro. Os pedidos cresceram 5,4% em um mês, o equivalente a US$ 15,1 bilhões, para um total de US$ 295,4 bilhões, anunciou hoje o Departamento do Comércio.

O dado de outubro foi revisado, de uma queda de 5,4% para uma retração de 5,1%.

Os equipamentos de transporte lideraram o aumento no mês (+15,3%), com alta de US$ 14,3 bilhões, para um total de US$ 107,8 bilhões.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Segundo a pesquisa, quando excluído os dados de transportes, os novos pedidos mostraram alta de 5% no mês. Sem incluir a área de defesa, as novas encomendas cresceram 6,5%.

Remessas

As remessas de bens manufaturados duráveis em novembro, após duas quedas mensais consecutivas, aumentaram US$ 2,9 bilhões, ou 1,0%, para US$ 283,2 bilhões. Isto após uma queda de 0,8% em outubro.