Em Davos, presidente do BC da França diz que data para corte de juros na Europa é incerta

François Villeroy, do BC da França, disse que a expectativa tanto na zona do euro quanto nos EUA é de um "pouso suave" da economia

Estadão Conteúdo

Francois Villeroy, presidente do BC da França e integrante do BCE (Bloomberg)

Publicidade

Integrante do conselho do Banco Central Europeu (BCE), François Villeroy de Galhau disse nesta terça-feira (16) que, embora seja muito cedo para declarar vitória na batalha contra a inflação, o BCE provavelmente cortará juros este ano. No entanto, ele não quis adiantar em qual “estação” poderá vir o primeiro corte de juros.

Durante painel do Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, de Galhau, que também é presidente do BC da França, disse que a expectativa tanto na zona do euro quanto nos EUA é de um “pouso suave” da economia, evitando uma recessão significativa, o que levanta a questão do papel da política monetária na desinflação.

Diante da queda constante do núcleo da inflação e da bem-sucedida ancoragem das expectativas de inflação, há claras diferenças em relação às crises inflacionárias da década de 1970, acrescentou.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

(Dow Jones Newswires)