Eleição de Goldfajn para o BID é uma vitória para o país inteiro, diz Meirelles

Goldfajn será o primeiro brasileiro na presidência do Banco Interamericano de Desenvolvimento

Estadão Conteúdo

Publicidade

Com elogios a experiência de quem “serviu a diversos governos e organismos internacionais”, o ex-presidente do Banco Central (BC) Henrique Meirelles afirmou, em suas redes socais, que a vitória de Ilan Goldfajn na disputa pela presidência do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) é “uma vitória para o país inteiro”.

“Felicitações ao amigo Ilan Goldfajn, primeiro brasileiro a comandar o BID. Sua eleição, com mais de 80% dos votos, é um reconhecimento à sua extrema capacidade e à experiência de quem serviu a diversos governos e organismos internacionais. É uma vitória para o País inteiro”, publicou.

A vitória do candidato brasileiro foi adiantada pelo Broadcast, e Goldfajn assume a presidência do BID ainda em 2022, por um período de cinco anos, depois de uma campanha marcada por disputa política e eleições antecipadas por um escândalo ético na gestão anterior.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Ciro Nogueira parabeniza Goldfajn 

O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, parabenizou Ilan Goldfajn pela vitória na eleição para a presidência do BID.  Nogueira atribuiu a eleição do brasileiro aos ministros da Economia, Paulo Guedes, e das Relações Exteriores, Carlos França

“Pela primeira vez na história, o presidente do BID é brasileiro! Ilan Goldfajn foi eleito hoje para o comando do Banco. Parabéns ao novo presidente e também aos ministros Paulo Guedes e Carlos França pelo excelente trabalho de articulação para essa grande realização para o Brasil”, publicou.