Diretora do Fed diz que juro é suficiente para inflação na meta, mas que é cedo para cortes

Michelle Bowman disse que disse que ainda estaria disposta a votar por uma alta de juros caso o progresso contra a inflação entre em uma fase de estagnação

Estadão Conteúdo

Publicidade

A diretora do Federal Reserve (Fed), Michelle Bowman, disse nesta segunda-feira (8) que a política monetária do banco central americano já é restritiva o suficiente para trazer a inflação de volta à meta de 2%, caso mantida no patamar atual pelo tempo necessário.

Em discurso durante conferência da Associação de Banqueiros Comunitários da Carolina do Sul, Bowman disse que ainda está disposta a votar por uma alta de juros caso o progresso contra a inflação entre em uma fase de estagnação, mas ela afirmou estar confiante de que a inflação está no caminho certo.

“Se a inflação continuar a cair para mais perto do nosso objetivo de 2%, será apropriado iniciar o processo de redução da nossa taxa para evitar que a política se torne excessivamente restritiva”, afirmou a diretora, que tem direito a voto nas reuniões do Fomc.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Ela destacou ainda que este ainda não é o momento para começar a discussão, e ao pontuar que, agora, oferta e a demanda no mercado de trabalho americano estão em melhor equilíbrio.