Pandemia

Dados da CoronaVac e da vacina da Sinopharm mostram eficácia, diz OMS

OMS espera emitir recomendações sobre essas duas vacinas até o final de abril, disse seu chefe Alejandro Cravioto

arrow_forwardMais sobre
(REUTERS/Dado Ruvic)

GENEBRA (Reuters) – As fabricantes chinesas de vacinas Sinovac e Sinopharm apresentaram dados sobre seus imunizantes contra a Covid-19 que indicam níveis de eficácia compatíveis com os exigidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS), disse nesta quarta-feira o chefe de um comitê que aconselha a OMS.

O Grupo Consultivo Estratégico de Especialistas da OMS (Sage) espera emitir recomendações sobre essas duas vacinas até o final de abril, disse seu chefe Alejandro Cravioto em entrevista coletiva.

As vacinas irão primeiro pedir que a OMS as listem para uso emergencial.

A vacina da Sinovac, batizada de CoronaVac, está sendo envasada no Brasil pelo Instituto Butantan, vinculado ao governo do Estado de São Paulo, e após obter autorização para uso emergencial junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), está sendo aplicada na campanha nacional de vacinação contra a Covid-19 desde 17 de janeiro.

Quer descobrir como é possível multiplicar seu capital no mercado de Opções? O analista Fernando Góes te mostra como na Semana 3×1, evento online e 100% gratuito. Clique aqui para assistir.