Consumidores da zona do euro preveem inflação menor nos próximos 12 meses, diz BCE

A taxa mediana na edição da pesquisa de fevereiro do BCE mostra que a expectativa é que os preços subam 3,1% nos próximos 12 meses, ante  estimativa de 3,3% em janeiro

Estadão Conteúdo

Fachada do Banco Central Europeu (Shutterstock)

Publicidade

Os consumidores da zona do euro reduziram suas expectativas para a inflação nos próximos 12 meses, segundo pesquisa divulgada pelo Banco Central Europeu (BCE) nesta terça-feira (2). A taxa mediana na edição da pesquisa de fevereiro do BCE mostra que a expectativa é que os preços subam 3,1% nos próximos 12 meses, ante  estimativa de 3,3% em janeiro.

Trata-se da menor previsão desde o início da guerra entre Rússia e Ucrânia, em fevereiro de 2022.

Já para os próximos três anos, a previsão de consumidores para a inflação no bloco ficou inalterada de um mês para o outro, em 2,5%. A meta oficial de inflação do BCE é de taxa de 2% no médio prazo.

Ebook Gratuito

Como analisar ações

Cadastre-se e receba um ebook que explica o que todo investidor precisa saber para fazer suas próprias análises

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro, a taxa anual da inflação ao consumidor do bloco ficou em 2,6%, desacelerando ante 2,8% em janeiro.

A pesquisa do BCE engloba 11 países da zona do euro, que representam 96% do Produto Interno Bruto (PIB) e 94% da população do bloco.